RSS
 

PODER E CORRUPÇÃO

Benedicto Ismael C. Dutra
14/04/2015



Realmente, a ampliação da área de interferência do Governo amplia as possibilidades de falcatruas. Por isso mesmo as empresas tem de se tornar tanto mais responsáveis, pois a elas pertencem as atividades econômicas, por isso precisam agir com ética e respeito aos consumidores, pois a sociedade deve ser o conjunto da população, proprietários, empregados, governo, todos empenhados na melhora geral, cada um dando a sua contribuição para o todo.

O poder corrompe. Infelizmente isso não ocorre só no governo onde a própria força impede a visão clara de suas manipulações. Com a iniciativa privada deveria haver mais liberdade, desde que a ânsia pelo poder não leve os dirigentes ao desejo de ocultar seus desígnios de cobiça, mesmo assim é menos ruim. O dramático é quando empresas e governos se juntam com propósito hegemônico, suprimindo as liberdades. Nessas condições a especie humana não evoluí, regride, embrutece. Há muitas muralhas travando o progresso do Brasil.

Precisamos de governança incorruptível que busque o progresso humano de forma continuada.




Benedicto Ismael Camargo Dutra é graduado pela Faculdade de Economia e Administração da USP, faz parte do Conselho de Administração do Prodigy Berrini Grand Hotel e é associado ao Rotary Club de São Paulo. É articulista colaborador de jornais e realiza palestras sobre temas ligados à qualidade de vida. É também coordenador dos sites www.vidaeaprendizado.com.br e www.library.com.br, e autor dos livros: “Nola – o manuscrito que abalou o mundo”;“2012...e depois?”;“Desenvolvimento Humano”; “O Homem Sábio e os Jovens” ,“A trajetória do ser humano na Terra – em busca da verdade e da felicidade”; e “O segredo de Darwin - Uma aventura em busca da origem da vida”(Madras Editora). E-mail: bicdutra@library.com.br; Twitter: @bidutra7
Enviar um Comentário:

Nome:
Email:
  Publicar meu email
Comentário:
Digite o texto que
aparece na imagem:

Vida e Aprendizado 2011.
Reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site deverá mencionar a fonte.