RSS
 

Escolaridade e produtividade

Benedicto Ismael C. Dutra
11/05/2017



Fiquei bem impressionado ao participar de encontro promovido pela Câmara de Comércio Brasil-Canadá, realizado no dia 9 de maio de 2017 para  discutir o tema Retomada Brasileira da Produtividade – O papel da Educação a longo prazo. Desde o acordo de Bretton Woods, em 1944, a economia do mundo gira em função de dólares. Japão, China, Coréia do Sul, logo perceberam isso buscando adequada política cambial e monetária, resultando em acúmulo de reservas na moeda líder. No Brasil, a situação é embaraçosa porque fez o contrário, descuidando das contas internas e externas, e seu passado é de pouco trato na educação e produtividade.

Participaram  do encontro os oradores: Marcos Lisboa (presidente do Insper), Ana Maria Bonomi Barufi (economista do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos do Bradesco), Octavio Barros (ex-chefe do Departamento de Economia do Bradesco e atual consultor econômico da instituição), Betina von Staa (Coordenadora do Censo EAD.BR da Associação Brasileira de Educação a Distância), Daniel Branchini (Psicólogo, Máster em Análise Econômica pela FGV-SP), Naercio Menezes Filho (professor do Insper), e Francisco Itzaina (presidente da SSI Associados).
 
Foi um evento de importância magna num país que desde 1889 descuidou da educação e do preparo das novas gerações.  No debate, um dos focos foi a baixa disposição dos alunos para o aprendizado contínuo, apresentando como contraponto o exemplo da cidade de Sobral (CE), que tem obtido avanços significativos na formação de seus jovens. 
 
Lamentavelmente os jovens perderam a consciência da importância do aprendizado na escola e na vida, num mundo em constante transformação devido ao acelerado desenvolvimento tecnológico, que se choca com o ritmo lento para a adaptação das capacitações humanas. Uma iniciativa dessa natureza tem de ser replicada para que possa alcançar nível nacional, pois o país tem perdido terreno.
 
A humanidade precisa mudar de sintonia. O foco deveria ser a busca de melhores condições gerais de vida que possibilitem a evolução das pessoas que se dispõem a aprender e a trabalhar com eficiência para, dessa forma, embasar a atividade econômica.
 



Benedicto Ismael Camargo Dutra é graduado pela Faculdade de Economia e Administração da USP, faz parte do Conselho de Administração do Prodigy Berrini Grand Hotel e é associado ao Rotary Club de São Paulo. É articulista colaborador de jornais e realiza palestras sobre temas ligados à qualidade de vida. É também coordenador dos sites www.vidaeaprendizado.com.br e www.library.com.br, e autor dos livros: “Nola – o manuscrito que abalou o mundo”, “O segredo de Darwin”,“2012...e depois?”;“Desenvolvimento Humano”; “O Homem Sábio e os Jovens” e “A trajetória do ser humano na Terra – em busca da verdade e da felicidade (Madras Editora)”. E-mail: bicdutra@library.com.br; Twitter: @bidutra7
Comentários:


Sergio Levy (consulsergiolevy@gmail.com) comentou em 12/05/2017 - 20:05:43

Parabéns, caro Professor Benedicto Dutra por sua inteligência e produção em prol da construção de uma sociedade ética e cidadã da Vida e Aprendizado.
Como Rotariano estou liderando uma campanha nesse sentido que pauta por EDUCAÇÃO centrada em Valores Morais projetada para as futuras gerações. Ficaríamos muito honrados em tê-lo no Ethics Fellowship of Rotarians, presente em 73 países em 32 das 34 Zonas Rotárias. Caso esteja presente na Convenção de Atlanta, aceite convite para particippar do First Ethics Fellowship of Rotarians Reunion: 11 de junho, domingo 12:30/14:00 hs no Meeting Room A407. Parabéns !


Os comentários não representam a opinião do site Vidaeaprendizado, a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enviar um Comentário:

Nome:
Email:
  Publicar meu email
Comentário:
Digite o texto que
aparece na imagem:

Vida e Aprendizado 2011.
Reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site deverá mencionar a fonte.