RSS
 

HOMENAGENS AO EDUCADOR DA INFÂNCIA

Benedicto Ismael C. Dutra
15/10/2010



No cenário atual a educação e o preparo das novas gerações surgem como uma das grandes prioridades do país. No entanto, face ao despreparo de grande parcela da população de baixa renda, em que o casal ou a mãe solteira tem pouca ou nenhuma escolaridade, na família desestruturada, ou se a mãe desconhece os cuidados que deve observar durante a gravidez, tornou-se evidente a necessidade de que a educação tenha ampliada a sua ação desde a gravidez, pois ocorre o sério risco dessas futuras mães não conseguirem os meios para prover uma saudável alimentação durante a gestação prejudicando a criança em formação, o que se agrava com os vícios ligados ao tabagismo, álcool e drogas,
 
Então, para assegurar a qualidade humana é indispensável dar assistência à mãe, desde a gestação, observando todos os cuidados para que a criança nasça com boa saúde mental e física, impedindo seu comprometimento durante a gravidez. A capacidade de aprender da criança deve ser preservada, pois não basta a escola oferecer educação de qualidade a partir da creche.
 
Crianças oriundas de famílias carentes despreparadas ou desestruturadas, quando chegam à idade escolar aos 7 anos, já apresentam uma defasagem na capacidade de aprendizado que tende a se manter pelo resto da vida estudantil, com reflexos no futuro desempenho no mercado de trabalho ou, lamentavelmente, na probabilidade de envolvimento com o crime.
 
“A educação de qualidade depende de um conjunto de ações, devemos destacar a importância da orientação dos pais e da educação infantil desde a gestação. O Brasil precisa de programas de desenvolvimento infantil nos primeiros anos de vida, como a melhor ferramenta para corrigir desigualdades e promover o desenvolvimento social”. (Elzio D’Arienzo – A Missão de Educar – Editora Scortecci)
 
A educação infantil gera efeitos benéficos não só durante a permanência da criança na creche, pois tem desdobramentos que alcançam os ciclos seguintes de estudo e se estendem à vida profissional e à conduta social. Conforme afirma a educadora gaúcha Alessandra Schneider, Coordenadora do Escritório da Unesco no Rio Grande do Sul, “é na faixa etária de 0 a 3 anos que se forma 90% das conexões cerebrais”.
 
Apreciando melhorias relacionadas ao ensino fundamental, Vanda Engel, doutora em educação pela PUC-Rio, em seu artigo “Afinal, o que é priorizar a educação?”, afirma: ''Apesar destes avanços, nossos grandes calcanhares-de-aquiles continuam sendo a educação infantil e o ensino médio. Ainda não nos conscientizamos que uma criança não nasce aos 6 anos de idade e de que a primeira infância é o período mais importante na formação dos seres humanos".
 
As crianças que estiveram em creches e cursaram a pré-escola tendem a obter maior sucesso profissional em comparação com as que foram matriculadas no ensino fundamental sem passar pelo ensino infantil.
 
No mês de homenagens aos profissionais, o Rotary Club de Embu e Secretaria da Educação de Embu, reconhecendo a importância da educação infantil, estão promovendo homenagens ao educador que atua na educação infantil e se destaca pelo seu comprometimento com o trabalho, pautando suas ações numa educação humanizada, que tenha uma relação carinhosa com a criança e que possua qualidades como companheirismo, solidariedade, iniciativa, receptividade, uma prática criativa, entre outros. 

Necessitamos dar um novo rumo para a educação infantil, ampliando as vagas nas creches sob os cuidados de educadores que fazem a diferença. Quanto aos adolescentes, além da educação básica devem aprender um ofício, praticar esportes e artes, recebendo valores morais, éticos, respeito e consideração pelo semelhante e cuidados com o meio ambiente. Também deverão receber orientação sobre as questões ligadas à sexualidade responsável e prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. Enfim, devem adquirir habilidades para enfrentar os desafios da vida com serenidade e bom senso.
 
A educação plena é a solução para um melhor futuro. É o principal instrumento para a construção de uma sociedade mais humana e pacífica e em permanente evolução.

Face aos relevantes serviços prestados pelos Educadores à nossa comunidade, no dia 22 de outubro,às 16 horas, no Hotel Almenat, o Rotary Club de Embu vai homenagear os educadores das creches e pré-escola, ocasião em que será indicado o educador que representará o segmento da Educaçao Infantil Municipal na Reuniao do Rotary Club, no dia 26 de outubro, às 20 horas, no Gramado Grill, com destaque aos profissionais do ano.
 









Este artigo está associado a um arquivo de Mídia, veja no link abaixo!

 Homenagens ao Educador

Benedicto Ismael Camargo Dutra é graduado pela FEA/USP, associado ao Rotary Club de S. Paulo, realiza palestras sobre qualidade de vida. Coordenador dos sites (www.vidaeaprendizado.com.br) e (www.library.com.br), é autor dos livros: Conversando com o homem sábio; Nola – o manuscrito que abalou o mundo; O segredo de Darwin; e 2012… e depois? (bicdutra@library.com.br)
Comentários:


Artemísia Romeu Médici comentou em 24/10/2010 - 20:10:59

Caro Presidente Dutra, parabenizo o Rotary Club de Embu pelo evento do dia 26 de outubro que irá homenagear o educador da área de Educação Infantil.

Posso falar a respeito, pois trabalhei 29 anos nessa área e sei do árduo desempenho de um educador infantil e do quanto é valioso o ensinamento que ele transmite.

A formação de uma criança tem o alicerce nessa faixa etária, é nesse período que as habilidades florescem e depende do direcionamento desse educador para a criança, o adolescente e finalmente o adulto brilhe................. lá na frente.

Esse gesto do seu Clube é que enobrece essa categoria que sobrevive sem alentos por parte das autoridades mas, que não esmorece, encontra sempre forças para vencer todos os obstáculos que surgem ao longo do caminho.

Em nome de todas as educadoras que cruzei durante esses 29 anos deixo o muito obrigada, aos companheiros do Rotary Club de Embu.

Artemísia Romeu Médici
Presidente 2010/2011
RCSP Caxingui


Celso Buzzoni comentou em 25/10/2010 - 19:10:47

"Nosso Companheiro Dutra, do Rotary Club de Embu, que neste mês prestou significativa homenagem a uma profissional da educação infantil, que trabalha em creches, com crianças de pré-escola. Esta laboriosa classe de profissionais, sempre dedicada, é muito pouco lembrada. Em nome da Comissão Distrital de Reconhecimento Profissional, devemos parabenizar a feliz ideia do Rotary Clube Embu.
Atenciosamente,
Celso Buzzoni
Comissão Distrital de Reconhecimento Profissional – RCSP – Pacaembu"


MILTON PEREIRA (milton-pereira1@hotmail.com) comentou em 09/03/2011 - 21:03:22

Gostei muito desta homenagem que Rotary Club de Embu, prestou a este brilhante profissional da área de educação infatil, onde é o início da preparação do desenvolvimento de um bom cidadão. A infância é a base de tudo,com a ajuda deste profissional a criança desenvolve suas habilidades, carater, valores e a construção de sua identidade.
Apesar de muita dedicação e trabalho este profissional é pouco valorizado.
Parabenizo as pessoas que tiveram a brilhante ideia.


Os comentários nãos representam a opinião do site Vidaeaprendizado, a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enviar um Comentário:

Nome:
Email:
  Publicar meu email
Comentario:

Vida e Aprendizado 2011.
Reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site deverá mencionar a fonte.