RSS
 

APRESENTAÇÃO

Benedicto Ismael C. Dutra
03/12/2008



O projeto “Vida e Aprendizado – A Visão de um melhor futuro” tem como base incentivar o preparo para a vida, pois através dele os jovens adquirem maior consciência sobre si mesmos, o que os conduz ao aumento do interesse e capacitação para o aprendizado geral, inclusive o profissional, ficando mais aptos para ingressar no mercado de trabalho.

Todos nós percebemos que a escola está passando por uma séria crise na sua função. Temos uma enorme população de adolescentes despreparados para a vida. As famílias se desestruturam, os pais não conseguem motivar os filhos a se prepararem para a vida, isso leva a escola a assumir responsabilidade ainda maior, exigindo dos professores esforço e dedicação como em nenhuma outra época.

Num mundo em que a tecnologia da informação vai transformando os processos de comunicação, agilizando-os, mexendo com a mente das novas gerações, criando ansiedade na geração anterior que cresceu sem a companhia do computador, os métodos tradicionais do aprendizado da leitura estão sendo deixados para trás sem que outros assumam o seu lugar. Estamos perdendo o domínio do uso da palavra, e como o cérebro trabalha principalmente com palavras, o nível da clareza mental tem decaído rapidamente, incapacitando muitos até para lerem um simples manual técnico.

Para que seja alcançada uma boa educação, necessitamos resgatar o respeito humano e a consideração mútua nas salas de aula, oferecendo aos professores reconhecimento e apoio para motivar os alunos à:
  • aderir ao hábito da leitura, mostrando aos jovens uma visão mais real e otimista da vida;
  • adquirir interesse na formação pessoal;
  • aumentar a conscientização para a necessidade do contínuo aprendizado e aprimoramento pessoal.
Nascemos para nos mantermos em atividade desenvolvida com sentido e dedicação, e quando fazemos isso, nos alegramos com o trabalho bem feito e nos sentimos felizes. O grande trabalho a ser realizado está em nós mesmos, no desenvolvimento de nosso potencial. O propósito da existência humana é a busca do autoaprimoramento, pois com capacidade de raciocinar e discernimento, o ser humano está apto a distinguir intuitivamente o que é certo.
 
Os humanos têm um longo período de crescimento. Simultaneamente com o desenvolvimento do corpo, deveriam receber a adequada formação pessoal e o preparo da vida, desenvolvendo o anseio de aprender continuamente na Escola da Vida através de ensinamentos, leituras e vivências. Necessitamos aprender a controlar e dominar a máquina de pensar para que não sejamos subjugados por ela.

O Brasil necessita de professores com vontade de ensinar e alunos com vontade de aprender, e para que isso se torne realidade, é indispensável a participação dos pais dando incentivo aos seus filhos para que não esmoreçam na busca do saber e do autoaprimoramento. O mundo será melhor com a melhora da qualidade do ensino, pois através dele devemos formar seres humanos mais qualificados para vida. Ensinar as novas gerações a ler, escrever e usar o computador, não é suficiente. Devemos despertá-las e prepará-las para assumir a posição de seres humanos que saibam cuidar do planeta e beneficiar a vida em todos os sentidos, com a certeza de que dessa forma alcançaremos um futuro melhor.

Urge fortalecer nos jovens o anseio por uma vida de maior qualidade com crescimento pessoal, pois, sem ânimo, vão adotando uma postura de rebeldia, renegando o valor real de muitas coisas boas, preferindo as formas estapafúrdias de comunicação, mais condizentes com a sua baixa autoestima e desesperança. No entanto, temos que fortalecer as boas sementes do aprimoramento do eu interior, só assim será fortalecida a confiança num mundo melhor.

Em meio a tantas mensagens obscuras e derrotistas, necessitamos desenvolver uma percepção mais real e otimista da existência e não a crueza presente na maior parte dos conteúdos divulgados.

O futuro da humanidade está intimamente ligado ao desenvolvimento das novas gerações. Pais preparados para dar aos filhos uma boa formação moral e espiritual, escolas construídas para transformar crianças e jovens em pessoas responsáveis e valorosas, aptas a organizar a própria vida, são os fatores essenciais que promovem o progresso real.

As novas gerações necessitam de uma forma positiva de enfocar os acontecimentos, para perceber com clareza o significado e o sentido da existência, capacitando para um melhor discernimento e melhor relacionamento com os familiares, no trabalho e no convívio em geral, e também incentivando a busca da evolução contínua na conquista de uma vida de mais qualidade, com paz interior e felicidade.

Neste mundo de desencontros e falta de consideração, necessitamos de forte bom humor para contrapor às inúmeras contrariedades que corroem a nossa alegria de viver para que tenhamos coragem e energia para realizarmos nossos sonhos. Enfim o projeto visa suprir a lacuna da falta de maiores incentivos para a formação pessoal de qualidade, oferecendo valiosas contribuições para que as dificuldades da vida sejam enfrentadas com coragem e a disposição de alcançar um futuro melhor, ele é possível, depende de nossa vontade.



Benedicto Ismael Camargo Dutra é graduado pela Faculdade de Economia e Administração da USP, faz parte do Conselho de Administração do Prodigy Berrini Grand Hotel e é associado ao Rotary Club de São Paulo. É articulista colaborador de jornais e realiza palestras sobre temas ligados à qualidade de vida. É também coordenador dos sites www.vidaeaprendizado.com.br e www.library.com.br, e autor dos livros: “Nola – o manuscrito que abalou o mundo”, “O segredo de Darwin”,“2012...e depois?”;“Desenvolvimento Humano”; “O Homem Sábio e os Jovens” e “A trajetória do ser humano na Terra – em busca da verdade e da felicidade (Madras Editora)”. E-mail: bicdutra@library.com.br; Twitter: @bidutra7
Comentários:


Odilon Correia (odiloncorreia@cgconsulting.com.br) comentou em 01/10/2012 - 16:10:47

O jovem a despeito do momento de turbilhão que o mundo vive procura com todas suas forças avançar seu conhecimento. O propalado jovem irresponsavel é uma pequena minoria.
Vamos ajudar na orientação e na formação, com nossos exemplos, dos jovens que vivem a nossa volta que estaremos contribuindo, com atitudes, para construção de um mundo melhor.


B. Dutra comentou em 02/10/2012 - 08:10:41

Isso aí Caro Odilon. Eles despertam para o mundo que formamos. A boa educação também tem de fortalecer o eu interior.
ver vidaeaprendizado.com.br/artigo.ph?id=588
O garoto guiou o inglês por entre ruelas, subidas e descidas e, nesse percurso, Germain resolveu perguntar se ele gostava da escola. “Ele me disse: ‘claro que sim’ e me olhou como se eu tivesse feito a pergunta mais estúpida que se possa imaginar”, disse. “Pelos nossos padrões, esse menino não estava recebendo uma educação boa, mas ele sabia que ele dependia disso para melhorar de vida.”


Os comentários não representam a opinião do site Vidaeaprendizado, a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enviar um Comentário:

Nome:
Email:
  Publicar meu email
Comentário:
Digite o texto que
aparece na imagem:

Vida e Aprendizado 2011.
Reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site deverá mencionar a fonte.