RSS
 

ACUPUNTURA

Ysao Yamamura
01/12/2008



O que é acupuntura?

Acupuntura é a técnica de tratamento da medicina chinesa que consiste em inserir agulhas de acupuntura em determinados pontos do corpo humano, a fim de mobilizar o Qi (Energia) do corpo humano. Parte-se do princípio de que a não circulação adequada do Qi redundaria em desarmonia energética, podendo, então, ocasionar manifestações clínicas.

Segundo os conceitos médicos dos antigos chineses, o nosso corpo é percorrido por meridianos ou Canais de Energia. Através deles circulam Energias (Qi) de diversas naturezas, como a Energia de Nutrição (Yong Qi) e a de Defesa (Wei Qi). Os meridianos energéticos estão unidos aos órgãos internos (coração, pulmão, estômago, etc.). Estes, por sua vez, se comunicam com o meio exterior exatamente por meio desses meridianos, que afloram na superfície da pele através dos chamados Chen-Chui, que foram traduzidos como pontos de acupuntura. A estimulação desses pontos, além de fazer circular o Qi (Energia) pelos meridianos em si, também é um processo que estimula os órgãos internos.

Assim, por exemplo, uma doença inicial do pulmão, como asma ou bronquite, pode manifestar-se ao longo do trajeto do respectivo meridiano e desencadear dores ou falta de força. A estimulação de pontos de acupuntura localizados nesse trajeto é um dos meios de tratar essa dor e as doenças pulmonares.

Quando e onde surgiu a acupuntura?

A acupuntura originou-se no país do Centro, hoje, China, e a época de seu aparecimento perde-se no tempo; com certeza, isso ocorreu há mais de três milênios. Da China, ela propagou-se para a Coréia, a Indochina e o Japão. Somente no século XIX é que os ocidentais tomaram conhecimento dessa técnica milenar dos antigos chineses.

Por volta de 2.300 a.C., o Hoang Ti, juntamente com o seu médico Ki Pha, compilou os conhecimentos então existentes sobre a acupuntura, reunindo-os em dois livros, o Su Wen e o Ling Shu que compõem o Hoang Ti Nei King (Tratado de Medicina Interna do Imperador Amarelo). O primeiro Iivro trata da filosofia e dos conhecimentos básicos da Medicina Tradicional Chinesa; o segundo descreve as formas de tratamento. Os preceitos contidos nesses dois livros é que norteiam os acupuntores ainda hoje e as pesquisas científicas cada vez mais têm confirmado a veracidade do conteúdo desses Iivros.

É importante frisar que a Medicina Tradicional Chinesa baseou-se na Natureza, aplicando ao ser humano o conhecimento a respeito dela. A Natureza não erra, o ser humano é passível de errar.

A acupuntura realizada no Ocidente e a mesma da China?

A acupuntura realizada no Ocidente foi trazida da China pelos sinólogos (estudiosos da cultura chinesa em geral). Ela é, portanto, a mesma, em termos de uso dos pontos de acupuntura. Mas os sinólogos estudiosos da acupuntura não adequaram a situação geográfica da China (hemisfério Norte, Oriente) com a do Ocidente (hemisfério Norte ou Sul, Ocidente). É o que ocorre, por exemplo, no caso do Brasil, que se situa no hemisfério Sul e no Ocidente, uma posição frontalmente oposta á da China. Sabe-se, no entanto, que os fenômenos eletromagnéticos terrestres são diferentes em relação à localização topográfica. Por isso, muitas vezes a metodologia aplicada em uma localização topográfica (como a China) pode não ter efeito idêntico em outra localização (como o Brasil, neste caso).

O Ocidente, pelo seu avanço tecnológico, tem procurado substituir a inserção de agulha de acupuntura por outros meios, como aplicação de laser (Iaserterapia), emprego de cores (cromoterapia), aplicação de estímulos elétricos (TENS), etc. No entanto, os recursos clássicos da Medicina Tradicional Chinesa são a inserção de acupuntura e aplicação de moxabustão.



Ysao Yamamura é médico, professor na Unifesp e coordenador do Centro de Pesquisa e Estudo da Medicina Chinesa - http://www.center-ao.com.br/
Enviar um Comentário:

Nome:
Email:
  Publicar meu email
Comentario:

Vida e Aprendizado 2011.
Reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site deverá mencionar a fonte.