RSS
 

ECO 92 e RIO +20

Esméria Garcia Oséas
25/06/2012



O que move a maioria a se posicionar contra a degradação do meio ambiente é a constatação de que a qualidade de suas vidas pode ser afetada.

Desde a “Eco 92”, inúmeras publicações, dentro e fora do país, dão conta da situação de contínua destruição dos recursos naturais do planeta. Matérias sobre a situação caótica das grandes metrópoles, principalmente da capital paulista, também são inúmeras. Os dados sobre tais matérias são estarrecedores… Pois ninguém mais pode esconder que a situação é de fato muito grave!

Mas de quem é realmente a culpa desse estado de coisas? Dizem os políticos que não adianta buscar pelos culpados. É preciso agir. É uma teoria bastante lucrativa para eles, pois assim não precisam se preocupar em acertar, sabendo de antemão que seus nomes serão preservados no caso de grandes erros. É preciso ocultar que através de lobbys, vendem a natureza por alguns milhões de dólares, aprovando leis que somente beneficiam pequenos grupos, ávidos de grandes faturamentos, em detrimento da natureza que pertence a todos… Por exemplo: a Usina de Belo Monte a quem irá beneficiar? Perguntaram ao legítimo dono qual a Vontade Dele? Será que pensaram nisso?

Quando se fala em poluição da Natureza, de deterioração do meio ambiente, da ação maléfica do ser humano sobre a “biodiversidade”, é ocultado o principal: a poluição da própria natureza humana, a poluição das almas, que é, na verdade a fonte de todas as outras poluições e agressões à Natureza! Somente seres humanos poluídos interiormente podem sujar e destruir a casa onde vivem! Como poluição interior entende-se aqui: a vaidade, que leva em sua esteira a cobiça, a ganância, desmedida e ainda a sede de poder e de riquezas materiais. De que adiantam milhões ou bilhões de dólares para corrigir todo esse estrago, se intimamente o ser humano continua preocupado apenas com seu próprio bem estar? Sim, pois, o que move a maioria a se posicionar contra a degradação do meio ambiente é a constatação de que a qualidade de suas vidas pode ser afetada.

Os países ricos querem que os países pobres protejam o meio ambiente, porque eles, os países ricos, podem ser afetados se isso não ocorrer. Os países pobres, por sua vez, quais mendigos miseráveis, pedem recursos para isso. Como se o dinheiro pudesse fazê-los entender mais facilmente a necessidade de preservar a natureza.

Nações indignas! Todas elas! Ricas e pobres! Todas envenenadas pela poluição de seus povos! Os povos dos países pobres são mais pobres em seus corações do que em seus bolsos. Trazem em si toda sorte de vícios e pendores, principalmente em sua sexualidade doentia. Colocam filhos no mundo com a maior irresponsabilidade. Consequentemente não há ninguém, poder humano algum que possa controlar essa explosão demográfica do globo. Uma conscientização não é mais possível, infelizmente. Para tanto não há mais tempo!

Uma preocupação constante dos últimos anos de vida do conhecido oceanógrafo Jacques Cousteau foi justamente essa. Citarei aqui uma frase desse saudoso homem que com tanto amor dedicou toda sua vida pela preservação de nossa Pátria terrena: “O pavio ligado a explosão demográfica já está queimando. Temos menos de dez anos para apagá-lo. É preciso uma mobilização mundial para evitar o big bang populacional”. Essa frase foi dita em 1992. Já vinte anos se passaram. A mobilização mundial não aconteceu. Estamos todos acomodados esperando por dias piores! E isso é apenas um dos efeitos ocasionados pelo atuar errado da humanidade. Uns erram com seus atos e a maioria pela omissão.

Nesses vinte anos, infelizmente, pouca alteração aconteceu no sentido de melhora no trato com a natureza! A luta do povo brasileiro para conseguir o desmatamento zero da Amazônia tem sido constante, mas até agora o poder continua nas mãos dos que usam mais o raciocínio do que o bom senso, portanto, temos que continuar lutando, sem tréguas, sem fraquezas, com determinação! A Amazônia pertence ao nosso Criador e o povo brasileiro tem que preservar esse legado com todas as forças. Unidos formaremos um bloco inquebrantável!



Esméria Garcia Oséas – esmeriago@hotmail.com
Enviar um Comentário:

Nome:
Email:
  Publicar meu email
Comentario:

Vida e Aprendizado 2011.
Reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site deverá mencionar a fonte.