RSS
 

DESVIOS POSTURAIS EM OMBRO: ETIOLOGIA E AVALIAÇÃO

Patrícia Gomes
06/02/2009



O ombro pode sediar uma variedade de lesões e desvios posturais, como as assimetrias, projeções e enrolamentos ou rotações.
 
Trata-se de uma das articulações mais móveis do corpo e, consequentemente, uma das menos estáveis, que permite movimentos nos três planos ou linhas fixas de referência.
 
Várias são as causas que concorrem para os distúrbios do ombro e da postura de maneira geral, entre as quais: hábitos errados de postura; hereditariedade; traumatismos; doenças inflamatórias; debilidade muscular; estresse; desnutrição; sedentarismo; obesidade, processo de envelhecimento.
 
Nos dias atuais, afecções nas costas, ombros, quadris e joelhos atingem grande parte da população, limitando, em muitos casos, a vida pessoal e profissional dos indivíduos.
 
De acordo com Braccialli e Vilarta apud Weeks (1989), os músculos esqueléticos dos vertebrados apresentam uma extraordinária capacidade de se adaptarem às condições extrínsecas. Modificações no perfil molecular e estrutural das fibras musculares ocorrem de acordo com a alteração na demanda funcional, portanto, a propriedade de um músculo se altera conforme o aumento ou decréscimo da atividade muscular.
 
“Avaliações antropométricas, psicomotoras e posturais simplificadas deveriam constar como parte integrante do planejamento de qualquer instituição de ensino. Comprovadamente, tais avaliações mostram ser eficientes, seguras e de baixo custo na detecção e intervenção precoce de futuras afecções posturais e no acompanhamento do desenvolvimento e maturação da criança e do adolescente.” (BRACCIALLI; VILARTA, 2000).
 
Assim, torna-se de fundamental importância o estudo aprofundado na detecção das causas, sinais e sintomas dos desvios posturais para a elaboração de programas preventivos de conscientização e melhoria ou de correção.
 
Vista Anterior das Estruturas Articulares do Ombro
 
 
O ombro é uma articulação do tipo esferóide, formado pela cabeça do úmero que se articula com a cavidade glenoidal da escápula. A escápula se divide em três regiões principais – o corpo, o acrômio e a glenóide. Através destas regiões anatômicas se formam as articulações do ombro: glenoumeral (o úmero se articula com a glenóide), acromioclavicular (clavícula com o acrômio) e escapulotorácica (corpo da escápula com o tórax), funcionando sincronicamente, podendo assim mover-se em seu grau de liberdade, formando uma articulação triaxial.(VOLPON, 1996)
 
A grande massa muscular e poucas conexões articulares com o esqueleto axial confere à região grande amplitude e variação de movimento, permitindo avançado grau de mobilidade e, consequentemente, menos estabilidade, com movimento nos três planos ou linhas fixas de referência.
 
Sendo a articulação mais móvel do corpo humano, o ombro realiza movimentos de abdução, adução, flexão, extensão, rotação interna, rotação externa, abdução horizontal, adução horizontal.
 
Ombros anteriorizados, assimétricos e rotações interna e externa são os desvios comumente encontrados na maioria da população nesta articulação. As causas são variadas, mas CAILLIET (2000) comprovou a influência no posicionamento das escápulas, região dorsal e projeção da cabeça a frente na influência de ombros arredondados.
 
Além da escoliose, músculos enfraquecidos e retraídos, patologias também influenciam, principalmente em assimetrias de ombros.
 
A avaliação postural tem como finalidade prevenir e, possivelmente corrigir alterações posturais existentes através de tratamentos fisioterápicos, psicológicos, físicos. Consiste em registrar, através de fotografias, análise visual, tato, raio X, os desvios posturais ou atitudes posturais erradas dos indivíduos.
 
Pode-se afirmar que através de avaliação, conhecimento etiológico, exercícios específicos, liberação respiratória e acompanhamento multidisciplinar é possível atingir o reequilíbrio do tônus postural e a realização eficaz, harmônica e segura de quaisquer movimentos.
 
Desta maneira, é possível oferecer meios mais seguros para a proposição de medidas preventivas, uma vez que problemas relacionados à postura contribuem negativamente na vida pessoal, chegando a limitar ou interromper a vida profissional de muitos indivíduos.
 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
 
BRACCIALLI, L.M.P; VILARTA, R. Aspectos a serem considerados na elaboração de programas de prevenção e orientação de problemas posturais.Rev. Paul. Educ. Fís., São Paulo, 14(2): 159-71, jul./dez.2000.
 
CAILLIET, R. Dor no ombro. 3ª. Edição, Ed. Artmed, 125-134, 2000.
 
CHARRO, M., CALHEIROS, R., MARCHETTI, P. Biomecânica aplicada: uma abordagem para o treinamento de força. Ed. Phorte, São Paulo, 2007.
 
HALL, S.J. Biomecânica Básica. 3ª. Edição, Ed. Guanabara Koogan, S.A., 2000, 134-149.
 
PETERSON, L.; RENSTROM, P. Lesões do Esporte: Prevenção e Tratamento. 3ª. Edição, Ed. Manole, 2002, 111-156.
 
VOLPON, J.B. Semiologia Ortopédica. Medicia, Ribeirão Preto, 29:67-79, jan./mar. 1996.



Patrícia Gomes, do Portal Porvir – é Professora de Educação Física e especialista em Biomecânica, Avaliação Física e Prescrição de Exercícios pela UniFMU – Faculdades Metropolitanas Unidas e coordenadora técnica e Personal Trainer do Vettá Spa. Personal Fitness – Personal Trainer – Life Consult E-mail: patyjgomes@gmail.com
Comentários:


amanda cristina santos silva comentou em 02/05/2009 - 13:05:54

patricia vc ja viu alguma pessoa com esse problema? na suas palavras eu sei que ocorre varias doenças mas qual delas são as peores?me de uma esplicação para o meu trabalho. adorei sabe pq eu estou me formando em educação física!muito obrigada estou esperando sua resposta!xau xau!!!!!!!!!!

georgia comentou em 06/05/2009 - 13:05:14

Boa tarde !! Estou fazendo um trabalho de radiologia, e estou procurando imagem de radiografias de ombro ap,ombro rotaçao interna e externa,axial infero superior,lateral transtoracico,lateral Y escapular,clavicula ap e escapula ap. Sao todos pocisionamento de ombro, se puderem me ajudar ficarei muito grata, preciso de imagens desses posicionamentos para colocar no meu trabalho .
desde ja agradeço,


Patrícia Gomes (patyjgomes@gmail.com) comentou em 01/07/2009 - 23:07:46

patricia vc ja viu alguma pessoa com esse problema? na suas palavras eu sei que ocorre varias doenças mas qual delas são as peores?
Olá, Amanda,
Os desvios posturais levantados na pesquisa são comuns na maioria da população. Realizei um levantamento em campo e revisão bibliográfica sobre o tema, apesar de não apresentar os dados coletados nas amostras no presente trabalho, que comprova tais informações. Meu objetivo com esta pesquisa não foi o de apontamentos de doenças na articulação, mas de desvios posturais, cujas causas podem envolver doenças entre outras. Agradeço e disponho me para mais esclarecimentos.


Patrícia Gomes (patyjgomes@gmail.com) comentou em 01/07/2009 - 23:07:28

Georgia,
Você pode encontrar imagens em livros sobre posturologia, cinesiologia, mas não lhe garanto quanto a todas as posições citadas.
Atenciosamente!


Gláucia comentou em 25/04/2010 - 10:04:18

Bom dia Patrícia,

Gostaria de saber se dentro desta ou outra pesquisa vocâ associa estes desvios posturais à atletas de alto redimento ou a algumas modalidades de competição de forma específica em função de elevados níveis de estresse, caso sim, se exitem medidas preventivas para que o atleta tenha maior tempo de competição, e se dentro de seus trabalhos e vivência tem sido feitas intervenções no sentido de evitar maiores limitações funcionais em indivíduos já acometidos por algumas patologias? Você já publicou sua pesquisa, tem artigos mais detalhados, livro? Gostaria de adquirir se possível diga aonde posso encontrar.

Obrigada pela atenção,

Gláucia


thais comentou em 23/02/2011 - 17:02:53

eu acho isso muito importante por isso fasso tudo o que minha profesdsora de educaçao fisica pede como sentar direito com as costas encontdas nas cadeiras e com os pes no chao eu fasso tudo maisd so as vezes eu naom aquento e sento errdo

Julimar Cremonese da Silva (jully.cre@hotmail.com) comentou em 03/08/2011 - 19:08:36

Boa noite Patricia! sou professor de Educação Física, minha aluna tem um desvio postural de ombro o esq mais alto que o direito... gostaria de saber quais os exercicios poderiam regularizar a cituação ou seja equilibrando os mesmos... Ela tem 28 anos e fazia um pouco de força e isto apareceu depois de um certo tempo...

Grato de sua atenção!

Forte abraço!


rogeria maria (rogeria.maria@hotmail.com) comentou em 11/12/2011 - 21:12:14

TENHO HÁ 2 ANOS DOR CRONICA E PARALISANTE DE MOVIMENTO NO OMBRO DIREITO. NUMA MADRUGADA APÓS DOR INFERNAL, ATÉ HOJE NÁO LEVANTO O BRAÇO ATÉ ALTURA DOS OMBROS E NEM O CRUZO NAS COSTAS. MELHORA NO VERÃO E PENSO TER ROMPIMENTO DE TENDÕES, GOTA (TENHO PSORÍASE)... SEI LÁ. QUE ACHAS? AGRADECIDA !

Os comentários nãos representam a opinião do site Vidaeaprendizado, a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enviar um Comentário:

Nome:
Email:
  Publicar meu email
Comentario:

Vida e Aprendizado 2011.
Reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site deverá mencionar a fonte.