RSS
 

12 ANOS DE ESCRAVIDÃO

Benedicto Ismael C. Dutra
08/03/2014



Sabemos que o cinema é poderoso como meio de influenciar as pessoas, basta observar como são penetrantes as cenas que promovem o vício de fumar. Em 12 Anos de Escravidão não me lembro de ter visto cigarro, a mensagem principal é outra: como pudemos ter permitido tantos séculos de escravidão ostensiva e brutal. Brad Pitt fala sobre isso, sobre o ser humano perante as leis naturais da Criação. Nos Estados Unidos, Lincoln perdeu a vida. No Brasil, a Princesa Isabel perdeu o Império. Muito de nosso atraso se deve a esses fatídicos séculos. Não havia escola nem médicos para os escravos. Com a República pouco mudou, faltou absorção e inclusão. Por tudo isso pouco evoluímos, e em grande parte do séc. 20 permanecemos com pouca autonomia, muito distantes do que poderíamos e deveríamos ser, um país lar de seres humanos libertos espiritualmente com paz e progresso sob a Luz da Verdade.



Benedicto Ismael Camargo Dutra é graduado pela Faculdade de Economia e Administração da USP, faz parte do Conselho de Administração do Prodigy Berrini Grand Hotel e é associado ao Rotary Club de São Paulo. É articulista colaborador de jornais e realiza palestras sobre temas ligados à qualidade de vida. É também coordenador dos sites www.vidaeaprendizado.com.br e www.library.com.br, e autor dos livros: “Nola – o manuscrito que abalou o mundo”;“2012...e depois?”;“Desenvolvimento Humano”; “O Homem Sábio e os Jovens” ,“A trajetória do ser humano na Terra – em busca da verdade e da felicidade”; e “O segredo de Darwin - Uma aventura em busca da origem da vida”(Madras Editora). E-mail: bicdutra@library.com.br; Twitter: @bidutra7
Enviar um Comentário:

Nome:
Email:
  Publicar meu email
Comentário:
Digite o texto que
aparece na imagem:

Vida e Aprendizado 2011.
Reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site deverá mencionar a fonte.